Educação Digital, disciplina exclusiva para a turma do 6º Ano

A disciplina que traz para a sala de aula discussões acerca de nossa relação com a internet, com as redes sociais, com as mídias, com as tecnologias que nos cercam… enfim, com o mundo digital em que vivemos.

Cada vez mais, as pessoas estão conectadas de alguma maneira, seja checando mensagens, espiando o Facebook ou o Instagram, pesquisando no Google, ouvindo música, assistindo séries, usando o Waze… Enfim, é fato que o mundo digital faz parte do nosso dia a dia e é quase imperceptível a separação entre ele e o mundo off-line. Agora, compare o tempo que passamos no mundo digital com o tempo que os alunos, as alunas e nós mesmos somos estimulados a pensar criticamente sobre a nossa relação com ele… É gritante a diferença não é?

A Educação Digital busca preencher essa lacuna do diálogo sobre o mundo digital

Com quais grupos posso dividir essa imagem? O que pode acontecer com meu comentário depois de postado? O que fazer caso presencie cyberbullying ou seja vítima? Quem produz o conteúdo que eu estou assistindo na internet? Que interesses estão por trás? Quanto tempo gasto com redes sociais e games? De que forma a tecnologia me ajuda? De que forma me atrapalha? Como contagiar positivamente o mundo (digital)? A lista de perguntas é infinita e, com tamanha presença do mundo digital no dia a dia e na escola, temos a oportunidade e a necessidade de estimular esse diálogo, tanto em casa como na sala de aula.

O tripé da Educação Digital

O mundo digital não é vilão, mas também não é mocinho…

Quando se fala da relação de adolescentes e crianças com o mundo digital, é comum nos depararmos com abordagens em que tal relação é vista com medo, como uma fonte de riscos em que é possível ter-se a segurança e a privacidade ameaçadas. E não se pode negar que o mundo digital pode vir a gerar riscos para todos nós.

Contudo, é importante perceber que olhar para o mundo digital somente por este ângulo é limitante e, por isso, escolhemos adotar a perspectiva de que o mundo digital é feito não só de #riscos, mas também de #desafios e de muitas #oportunidades. E é com base nesse tripé que estruturamos as aulas de Educação Digital.

Com essa perspectiva do tripé, geramos mais espaço para o desenvolvimento integral dos(as) estudantes. Afinal, diante de riscos, desafios e oportunidades, podemos estimular os alunos e as alunas a terem um olhar crítico para protagonizarem a transformação do mundo digital.

As aulas de Educação Digital querem estimular o diálogo crítico sobre nossa relação com o mundo digital e provocar transformações cognitivas e socioemocionais. Pela temática abordada, facilmente podemos cair naquele bate papo informal em torno de uma mesa, em que pessoas geralmente entram e saem sem compromisso, e não se chega a lugar algum, sabe? Não podemos deixar que isso aconteça.

Com base em referenciais teóricos de cultura de aprendizagem e em nossas experiências com a Educação Digital, notamos que, se queremos chegar a algum lugar (na compreensão de algo, por exemplo), precisamos saber aonde queremos chegar, ou seja, precisamos traçar objetivos de aprendizagem.

Comments are closed.