Projetar participa de Arraiá de Quadrilhas

Escola linharense apresentou danças típicas internacionais.

Com o objetivo de resgatar a cultura das quadrilhas, aconteceu na Praça 22 de Agosto no último fim de semana o 2º Arraiá de Quadrilhas. Na festa deste ano, danças inspiradas em culturas de outros países foram apresentadas.

“O objetivo do evento sempre foi resgatar a cultura das quadrilhas, mas esse ano resolvemos fazer resgate de todo tipo de cultura”, afirmou a coordenadora do evento Luzinete Amorim Sá.

Na sexta-feira (9), os alunos do 4º e do 5º anos A do Centro Educacional Projetar apresentaram uma dança inspirada na cultura japonesa. No sábado (10), foi a vez do 6º ano A e do 6º ano B apresentarem coreografia típica da Índia. As danças foram desenvolvidas no projeto Dançando pelos Continentes, apresentado dentro da escola no dia 29 de junho. O projeto visou promover o interesse das crianças nas culturas internacionais, ensinando-as sobre o valor de cada tradição. Além do Japão e da Índia, Nova Zelândia, Portugal, Espanha, Itália e Argentina também estavam entre os países representados.

“Queremos dar visibilidade a essas manifestações culturais. O Projetar nos recebeu com muito carinho e deu um show em suas apresentações. A participação da escola foi fundamental”, aponta Luzinete.

Competição entre quadrilhas
Além das apresentações do Projetar, vários grupos de dança se apresentaram numa competição pelo troféu de quadrilha que mais resgatou a cultura dos arraiás.

Quanto mais uniforme, harmonizada, animada e tradicional, a quadrilha fosse, mais pontos ganhava nas avaliações dos jurados, que observavam cada detalhe.

O pódio ficou assim:
1º lugar – Arraiá de Cacimbas
Pontuação: 337,5
Prêmio: R$ 2.500 mais troféu e apresentação no “Arraiá da Gata”

2º luga – Arraiá do Nova Esperança
Pontuação: 329
Prêmio: R$ 1.500 mais troféu

3º lugar – Arraiá de Vila Regência
Pontuação: 328
Prêmio: R$ 1.000 mais troféu
 

Comments are closed.